Emagrecimento: A CULPA NÃO É SUA

 

Alguns anos atrás estava conversando com alguns profissionais que trabalhavam com emagrecimento, ouvi a mesma frase de todos: “Trabalhar com pessoas com excesso de peso é desanimador. “Gordo gosta de ser gordo” e, não quer mudar isso.”

Pela experiência que tive na área, até concordei com aquelas pessoas. Mas, aquilo ficou na minha cabeça. Por que eu via as pessoas sofrendo pelo excesso de peso. Não era possível pessoas tão dependente da comida, serem felizes assim.

Vi  vários profissionais,  desistindo e partindo para outras áreas. Mas eu pensei: eu tenho que entender melhor isso. Foram anos de estudo e, pesquisando o comportamento e os pensamentos das pessoas, que tinham excesso de peso.

Realmente, essas pessoas pareciam não ter força de vontade, desistiam diante do primeiro hambúrguer ou milk shake que viam na frente. E realmente, era desanimador.

Mas diante de tanto vai e vem no consultório,  porque infelizmente, eles não persistem e abandonam o tratamento, entendi que não era culpa deles. Simplesmente era uma soma de crenças, pensamentos sabotadores e hábitos que faziam com que não persistissem em uma dieta, ou qualquer coisa que visasse emagrecimento. Mas só quando eu me vi nesse ciclo que consegui,  colocar  a ultima peça do quebra cabeça.

Atualmente, vejo pessoas que chegam a mim, dizendo que não aguentam mais sofrer, que já desistiram de tudo, que nada mais funciona…mas que, após 15 dias, começam  a enxergar uma luz no final do túnel. Passam a entender, o que realmente acontecia com elas e começam a eliminar peso.

Mas não só o peso corporal. É peso emocional, peso de anos de sofrimento, que vão se diluindo.

Hoje, me sinto feliz e realizada, por ouvir  todos os dias,  pessoas me dizendo, o quanto são gratas pelo que fiz a elas. E minha resposta sempre é a mesma: “Você fez por você. Não eu!  Apenas dei a direção, o caminho só você pôde percorrer.”

Se você também não consegue emagrecer e manter-se magro, a culpa não é sua e, sim do aprendizado que teve até hoje sobre isso. Trabalhar suas crenças, pensamentos sabotadores e hábitos irão mudar sua vida.

A culpa não é sua, mas cabe a você mudar isso!

 

 

 


 

Mais informações sobre o Projeto PENSE MAGRO VIVA FELIZ,

clique aqui

 

 

 

Deixe uma resposta